Tratamentos

Tratamento da Halitose

Diagnóstico:

Na primeira consulta, Dr Marcelo Queiroz faz uma avaliação criteriosa, com um questionário específico relacionado ao histórico do problema, avaliação do hálito através de exame clínico de saliva, hálitometria, exame odontológico completo, e se necessário exames complementares.
Após a fase de diagnóstico é indicado o tratamento e prevenção.

Saiba Mais sobre Halitose

Halitose é o nome científico do Mau Hálito.

O termo vem do latim: 

Halitus = odor bucal

Osis = alteração patológica

Atualmente estima-se que, dependendo da região e idade das pessoas, cerca de 30% da população tenha MAU HÁLITO.

Além de alterar o odor da boca, a HALITOSE provoca alterações psicológicas e comportamentais, piorando consideravelmente a qualidade de vida dos pacientes.

A halitose pode isolar o seu portador do convívio social ou então fazer com que ele se retraia. Quem sofre do problema já procurou especialistas de diversas áreas, nem sempre com um resultado satisfatório.

CAUSAS:

Existem cerca de 90 causas para a Halitose. Aproximadamente 95% dos casos tem origem bucal, especialmente as alterações na genviva e no periodonto e a presença de saburra lingual.

HALIMETER

O Halimeter é um monitor portátil que possui um sensor capaz de medir a concentração de CSV (compostos sulfurados voláteis), em partes por bilhão, e, assim auxiliar no diagnóstico e acompanhametno da terapêutica até a alta do paciente.

Compartilhe

Comentários

Privacidade Total:
* Na nossa clínica as consultas são marcadas diretamente com o profissional ou sua auxiliar, com atendimento exclusivo e hora marcada.
* A clínica é voltada exclusivamente para o tratamento do mau hálito (halitose), boca seca e boca amarga,possibilitando a privacidade total do paciente, não interagindo com pacientes de outras especialidades.
* As consultas são marcadas em espaços de tempo suficiente de modo que o paciente se sinta a vontade na sala de espera e na maioria das vezes sozinho ou com seu respectivo acompanhante.