Tratamentos

Boca Amarga

Você sente sua BOCA AMARGA? Mesmo sem ter comido nada com esse gosto?

Se a resposta é SIM, essa página foi escrita para você. Vamos entender um pouco mais esse assunto?

A percepção de gosto ruim na boca, sem a pessoa ter comido nada com aquele sabor, é uma condição que chamamos de DISGEUSIA. É um defeito no paladar.

E a DISGEUSIA mais frequente é a seletiva para o AMARGO. A boca fica amarga do nada, sem motivo aparente.

Outros gostos podem incomodar, como o azedo, o metálico, o podre,o salgado ou até mesmo um gosto de sangue. Mas o gosto mais comum é o amargo.

O QUE PROVOCA A BOCA AMARGA?

Atualmente sabemos que a DISGEUSIA é uma condição de "etiologia múltipla", ou seja, pode ser provocada por muitas causas diferentes:

Problemas salivares: nosso paladar depende da nossa saliva. Produzir menos saliva ou saliva de qualidade ruim pode alterar nosso paladar, fazendo com que o gosto ruim apareça.

Saburra lingual excessiva: quando acumulamos muita saburra nossas papilas gustativas podem ser estimuladas pela presença de materiais que existam na saburra (resídusos, gases, células mortas etc). Lembrando que a saburra lingual é aquela camada branca ou amarelada que fica em cima da língua, portanto em contato direto com as papilas gustativas). Falando de maneira simples, é como se conseguíssemos "sentir o gosto da saburra". Não é exatamente isso, mas é uma forma fácil de explicar.

Acúmulo de cáseos amigdalianos: os cáseos têm cheiro e gosto muito desagradável. E por estarem muito próximos à parte posterior da língua, pode existir a percepção. Se você ainda não sabe, cáseos é o nome que se dá a um material que se acumula nas amídalas e que têm cheiro muito desagradável.

Alterações neurológicas: como o oltafo e o paladar são interpretados pelo cérebro, qualquer alteração no sistema nervoso central ou nos nervos que levem a informação podem resultar em boca amarga.

Efeitos colaterais de remédios: alguns remédios influenciam na salivação, ou mesmo possuem substâncias que provocam o gosto ruim, gerando disgeusia.

Alimentos: alguns alimentos podem levar à disgeusia. Existem relatos de que algumas nozes provocam essa alteração. Mas é algo muito raro.

Intoxicações: apesar de não ser algo muito comum, intoxicações por metais pesados e outros elementos podem provocar disgeusia.

Doenças nasais: as sinusites podem levar à formação de secreção que pode escorrer para a superfície da língua, levando ao surgimento de gosto muito ruim na boca.

Alterações anatômicas na região nasal: apesar de ser algo muito raro, a anormalidade de algumas regiões da parte interna do nariz podem gerar disgeusia.

Alterações gástricas, como hérnia de hiato, gastrite, e esofagite pode gerar gosto ruim na boca. Isso pode ocorrer de várias formas diferentes.

DIFERENÇA ENTRE DISGEUSIA E HALITOSE

É fundamental entender que disgeusia e halitose são coisas distintas.

É possível sentir um gosto muito ruim na boca e não ter mau hálito.

Ou mesmo ter o hálito muito forte e não sentir gosto ruim na boca.

Porém, como ambas as condições podem ser provocadas por problemas salivares, é muito comum os pacientes terem as duas coisas, mau hálito e boca amarga, pois problemas na saliva são causas muito comuns de halitose.

Compartilhe

Comentários

Privacidade Total:
* Na nossa clínica as consultas são marcadas diretamente com o profissional ou sua auxiliar, com atendimento exclusivo e hora marcada.
* A clínica é voltada exclusivamente para o tratamento do mau hálito (halitose), boca seca e boca amarga,possibilitando a privacidade total do paciente, não interagindo com pacientes de outras especialidades.
* As consultas são marcadas em espaços de tempo suficiente de modo que o paciente se sinta a vontade na sala de espera e na maioria das vezes sozinho ou com seu respectivo acompanhante.